No aconchego do meu Lar


Cerro os olhos
Declino o Semblante
Sob os meus braços cruzados

Vagarosamente,  demoradamente
Tentações emergem á tonalidade da minha pele
Impressas no meu pensamento
Relembrando meigos sentimentos
Seduzindo o meu corpo e, mente

Elevo o rosto
E,
 Defronto da minha tela
Pela pontinha dos meus dedos
Seduzo letras
Encanto ternas palavras
Desnudo-as por desejos fruídos
Trajo-as por sensuais vocábulos

Irrequieta
Tímida
Elaboro uma imaginária fórmula
Para te ter mais perto

Comentários

  1. Um Pleno de Romantismo...Simplesmente espectacular!!!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Ballet's Mais Admirados