Noite que me desposas



Que me acaricias
Que me elevas para um mundo mágico
Esta noite 

Só ... esta noite
Quero ficar
Em teus braços me aninhar

Envolver-me em caxemira
Ou em meloso laço de cetim
Num terno assopro de fantasia
Quero dormir
Contigo
Em teus carinhosos braços
Sonhar
Fantasiar

Perdida
No silêncio do teu olhar
No toque subtil do teu enlaço 

E laço delicado
Entregar-me
Na imensidão do teu ego
Perder-me no ritmo ofegante
Da tua brisa
E, afogar os meus sentidos

No desejo de expirar
O último fôlego da noite
E, o principio do dia !

Comentários

  1. Belo momento querida amiga ,cheio de magia e sensualidade ,repleto de amor e entrega ,muitos beijinhos e muito obrigado pelas suas palavras que deixou no meu blog .

    ResponderEliminar
  2. Olá, querida Ana
    Um poema lindo e cheio de ternura...
    Bjm fraterno de paz e bem

    ResponderEliminar
  3. Passei por aqui lendo, e, em visita ao seu blog.
    Eu também tenho um, só que muito simples.
    Estou lhe convidando a visitar-me, e, se possível seguirmos juntos por eles, e, com eles. Sempre gostei de escrever, expor as minhas idéias e compartilhar com as pessoas, independente da classe Social, do Credo Religioso, da Opção Sexual, ou, da Etnia.
    Para mim, o que vai interessar é o nosso intercâmbio de idéias, e, de pensamentos.
    Estou lá, no meu Espaço Simplório, esperando por você.
    E, eu, já estou Seguindo o seu blog.
    Força, Paz, Amizade e Alegria
    Para você, um abraço do Brasil.
    www.josemariacosta.com

    ResponderEliminar
  4. Emanuel, Roselia, Pedro e José Costa,
    Foi um prazer imensurável a leitura das vossas palavras.

    Agradecida.

    ResponderEliminar
  5. Lindo! Prefiro nada dizer, para só escorrerem as suas palavras!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Ballet's Mais Admirados