Na minha infância


Um velhinho gordinho de longas barbas branquinhas, rosto redondo, nariz adornado por óculos rectangulares e, de coloração vermelha sempre habitou os meus sonhos de menina.

Todos os Natais ao despertar, erguia-me e, observava o meu redor.

Pés desnudados e, corpo trajado pelo traje noctívago, corria pela casa e, procurava-o apressadamente. No entanto, nunca o encontrava em local algum.

Depois corria para a chaminé, contemplava o meu sapatinho e, sorria.

Os anos passaram.

Na idade adulta a velhinha chaminé foi colmatada pela lareira acesa, o sapatinho colocado num lugar soberano junto da majestosa rainha e, o velhinho de barba branquinha … Ah?! O velhinho de barba branquinha continua povoando a minha mente, os meus sonhos, os meus desejos e, o meu querer desde menininha.

Na véspera de Natal no agasalho da minha sala aconchegada das pessoas que amo gosto de meditar naquele menino pobre, que nasceu numa manjedoura e, que me faz recordar que o ser humano vale por aquilo que é e faz.

E, nunca por aquilo que possui.

Neste instante, a quadra de Natal, celebra-se e, a data de festejo aproxima-se, vagarosamente. Enovelados por momentos carinhosos, enlaçados em doces fantasias, enleada pelos sorrisos daqueles que amamos, ao som dos melodiosos cânticos natalícios, com o aprazível aroma das iguarias, colorido efeito das ornamentações natalícias unidas à brandura e, à protecção desse menino pobre e, lindo anjo usufruo e, desejo …

Um NATAL docemente feliz a todos vocês que carinhosamente me acompanham.

Comentários

  1. Olá Ana
    Para você também, um Feliz Natal e um Ano Novo cheio de realizações,com saúde e paz.
    Bjux

    ResponderEliminar
  2. Meus Natais nunca foram os descritos nesses sonhos de menininha...
    Talvez eu fosse aquele menino nascido e ali naquela mangedoura...
    Talvez quase fosse!
    Gostava de ter lembranças dos meus Natais!

    ResponderEliminar
  3. Que amigos e familiares compartilhem;carinho,respeito,ternura paz e amor.Que tirem as máscaras e dêem as mãos,não só nestes dias mas sim,durante o ano,não só apenas no findar do ano.
    Feliz Natal...
    com a face do AMOR!

    Beijos de Irlene.♥

    ResponderEliminar
  4. Passei aqui lendo. Vim lhe desejar um Tempo agradável, Harmonioso e com Sabedoria. Nenhuma pessoa indicou-me ou chamou-me aqui. Gostei do que vi e li. Por isso, estou lhe convidando a visitar o meu blog. Muito Simplório por sinal. Mas, dinâmico e autêntico. E se possivel, seguirmos juntos por eles. Estarei lá, muito grato esperando por você. Um abraço e fique com DEUS.

    http://josemariacostaescreveu.blogspot.com

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Ballet's Mais Admirados